Tratando os vasinhos com Escleroterapia

Dra. Patrícia Farah

Também conhecidos por “microvarizes”, os vasinhos que surgem normalmente nas pernas incomodam muita gente. A boa notícia é que é possível eliminá-los através da escleroterapia. Entenda como funciona.   

 

Veias varicosas e telangiectásicas em membros inferiores só aumentam no decorrer dos anos, sendo a escleroterapia uma opção de tratamento seguro e efetivo também nos consultórios dermatológicos.

Elas ocorrem quando uma via está obstruída e o fluxo do sangue é afetado, fazendo com que surjam os microvasos. Os vasinhos adquirem tonalidade azul e tornam-se visíveis na pele. Normalmente são assintomáticos, não causam dor e não estão associados a problemas graves, além do desconforto estético.

A escleroterapia faz a secagem dessas pequenas veias com aplicação de uma substância secante, feitas por injeções locais. O processo faz com que o vasinho seja absorvido pelo organismo e desapareça, livrando a pele de marcas.

As microvarizes podem ocorrer em 80% das pessoas, em sua maioria mulheres. Alguns fatores como obesidade, uso de anticoncepcionais, sedentarismo, passar muito tempo em pé ou muito tempo sentado e salto alto podem cooperar para o surgimento.

Como funciona o tratamento da Escleroterapia

Após analisar o local a ser tratado, o dermatologista aplica cuidadosamente o líquido esclero em cada uma das veias afetadas. Após a sessão o paciente pode retornar para suas atividades normalmente, mas é recomendável evitar atividades que exigem esforço físico.

Os pacientes geralmente precisam de uma a três sessões de escleroterapia. Os efeitos colaterais locais mais comuns após a injeção de agentes esclerosantes são hiperpigmentação, aparecimento de telangiectasias finas e úlceras cutâneas.

Meias compressivas

As meias compressivas são meias especiais que auxiliam o fluxo do sangue, otimizando o procedimento de escleroterapia, por isso, seu uso é indicado durante alguns dias após as sessões.  

Elas possuem vários benefícios, como:

  • Redução da formação de trombos;
  • Minimiza a reação inflamatória e hiperpigmentações (manchas) após procedimento;
  • Evita o aparecimento de novos vasinhos.

Prevenindo-se contra os vasinhos

A ocorrência dos vasinhos é comum. Algumas pessoas são mais propensas a ter, e também alguns fatores estimulam o aparecimento. Para evitar, é importante praticar exercícios físicos,comer bem e ter uma vida saudável.

WhatsApp